Historia do patrão entalado



Uma vez o meu patrão ficou com a cabeça entalada na grade da janela do escritório dele, “como e por que ele fez isso?” Eu também não sei, ate hoje eu tento descobrir isso!!! Quando esse fato aconteceu, eu estava no banco pagando umas contas, ao chegar tive uma tremenda surpresa ao ver o “Todo Poderoso” com a cabeça entre as grades da janela, ele também gritava e gemia para que alguém o tirasse dali. Pelo que eu soube, ele já estava a mais de meia hora ali, os outros funcionários fizeram de tudo para o tirar dali ( passaram sabão, tentaram serrar a grade com uma faca, tentaram alargar a grade, tentaram arrancar a grade, amarraram uma corda no carro e na grade, mas o máximo que conseguiram foi arrancar o pára-choques fora!!!), eu fui o único que teve uma idéia que prestasse: chamei os bombeiros!!!
Enquanto os bombeiros não chegavam eu tive que ficar (forçadamente) dando um apoio emocional para o entalado, ate tentei sair de fininho, mas ao perceber minha ausência ele começava a gritar por mim, “ Não me abandone por favor!!! Você é o único com um pouco de miolos na cabeça...”, com certeza devia ser o único ser pensante ali, antes eu ate pensava que existia pelo menos duas pessoas que raciocinavam naquela empresa (eu e meu chefe), mas depois de ver ele naquela situação eu mudei de idéia.
Foi passando o tempo e nada dos bombeiros aparecerem, então o velho começou a se sentir muito mal, ele começou a suar muito e a reclamar que estava se sentindo sufocado e com muito calor, então eu sugeri que ele tirasse o paletó e a gravata para amenizar a sensação de calor, mas apara o meu azar (afffff por que esse tipo de coisa tem que acontecer quando eu estou por perto?) ele não se contentou em retirar apenas o paletó e a gravata, depois de um tempo ele retirou a camisa, os sapatos, as meias.... ate ficar pelado. A situação chegou a um ponto que eu não sabia mais quem estava numa situação pior, se era ele pelado e com a cabeça entalada nas grades ou se era eu que tinha que ficar olhando aquela bunda peluda e cheia de espinhas, quando dava eu ficava de costas para não ter que ficar vendo aquela cena bizarra, o problema foi que ele sempre pedia algo, desde água a papel higiênico, e para atender os pedidos dele eu tinha que me virar e olhar aquela cena bizarra, ate pensei em fechar os olhos, mas se eu tropeçasse nele seria algo pior ainda.
Quando finalmente os bombeiros chegaram (os famosos anjos da vida), primeiro eles deram umas boas risadas da situação do velho, depois de muito rir eles decidiram acudir o coitado. Depois de terem o salvado e o mandado para o hospital eles debocharam mais um pouco da situação. O meu patrão ficou tão agradecido pela minha ajuda ( afinal se não fosse por mim ele deveria estar entalado ate hoje ) que decidiu me dar um premio (outra coisa surpreendente, já que ele era e é o maior pão duro que eu já conheci), ele me levou para um jantar ( um cachorro quente na carrocinha da esquina)... ele era pão duro ate para agradecer...

2leep.com

4 Comentarios:

Anônimo disse...

Eu ja fui pego pelo meu chefe com a filha dele, ele me despediu na mesma hora... filho da puta

Rebecca disse...

Nossa, surreal!

Lamento pelo constrangimento do seu chefe, e da confusão que foi para tirá-lo -- sem falar que ele poderia ter se encrencado seriamente.

Bom... pelo menos rendeu uma boa história.

Abraços!

olhando a lua disse...

Vlw pelo comentario....

Bom... sinceramente, eu teria pena dele se ele não fosse meu chefe e não fosse tão mala... essa é apenas umas das varias historias que ocorreram com o infeliz, ele deve já deve estar mais que acostumado a passar constrangimento, algum dia eu publico a historia da vez que ele rasgou o .... bemmm.... como posso dizer ... bem vou ser claro, ele rasgou o saco (testiculos) escorregando num corrimão...

Hugo disse...

Eu acho q esse velho é boiola...
Precisava tirar a cueca tbm?

 
©2009 Historias de minha vida | by TNB