Montando o armário


Meu patrão comprou um armário importado para seu escritório, durante dias ele ficou infernizando todo mundo com aquela historia “neh neh neh, comprei um armário de madeira nobre da Alemanha, neh neh neh, paguei o olho da cara, neh neh neh, sou xique, neh neh neh, o armário é em formatado de L, via cobrir aquelas duas paredes.....”. Fiquei uma semana ouvindo isso, estava quase afogando o velho na privada quando finalmente o armário chegou... Eram varias caixas, varias não, um monte de caixas, caixas e mais caixas com as partes do armário. O meu patrão estava todo feliz com o armário novo, perguntei para ele quando que eles iriam vir montar e ele me deu a seguinte resposta: “ Ninguém vem montar, eu mesmo vou montar, deve ser muito fácil, queriam me cobrar o olho da cara para montar o armário, eu prefiro eu mesmo montar do que ter que pagar aquele assalto”. Meu patrão era o mão-de-vaca mais burro que eu já conheci, ele deixava de gastar em coisas importantes para gastar em porcarias, mas tudo bem, o dinheiro era dele e ele infiava na toba como ele quisesse.
No outro dia o meu patrão e sua mulher chegaram cheios das ferramentas para montar o armário, eu cheguei a me oferecer a ajudar os dois (afinal não tinha muito o que fazer naquele dia), massssss eu recebi a seguinte resposta do meu patrão:
- Não! Muito obrigado, mas precisa ser inteligente para fazer isso...
Eu fiquei puto, não sabia se o esganava ou enfiava um pecado de madeira bem no meio da testa dele... pow ele me chamou de burro na cara dura.... aaffffeeeeeeeeeeee!!!!!
Mas beleza, eu me contive e fui em silencio na minha mesa, de lá dava para ver eles se matando para retirar as madeiras das caixas, se matando para tentar entender como se montava e se matando para entender como funciona uma chave de fenda... depois de desembrulhar tudo, eles separaram cada peça de madeira em montes (juntaram as partes que eram iguais em montes), e foi ai que a merda começou!!! Uma das madeira que estavam encostadas na porta caiu quando o jumento do patrão abriu a porta, aquele pedaço pesado de madeira veio com tudo na cabeça dele, deu para escutar ate um estalo. “ Pedaço de madeira imbecil, madeira do CARA$#%@#$%@#, MADEIRA FILHA DA @##%!@$%! ” (gritava ele). Nisso começou a juntar gente (outros empregados da empresa) daí a coisa virou uma bagunça de vez, tira pedaços do armário espalhado por todos os cantos, uns 10 dando palpites e outros 7 tentando montar o armário.
Eu fiquei quietinho no meu canto observando.
O meu patrão não estava conseguindo colocar os parafusos para encaixar um pedaço de madeira no outro, então o gênio resolveu colocar pregos no negocio, a cada 5 marteladas que ele dava, 6 ele errava e 9 ele acertava nos dedos (não se engane, a conta esta certa), teve uma hora que ele pediu para um dos estagiários (estagiário sempre se ferra) para segurar o prego enquanto ele martelava, afinal ele precisava das duas mãos para martelar direito, o coitado do estagiário sumiu na mesma hora, ate hoje ninguém mais viu ele.. rsrsrsrs. Enquanto isso, o gerente e o subgerente se matavam para fazer uns furos na parede, eles arrumaram uma plataforma improvisada com partes do e subiram em cima, um negocio muito do mau feito, tão mal feito que quando um saiu da plataforma o outro caiu, a maior cena de desenho animado.
Teve um momento que foi assustador, não sei como mas o meu patrão prendeu o dedo em algo (não sei no que foi, também ninguém soube me contar o acontecido, mas os berros dele eu escutei), não deu para ver como ele prendeu o dedo, estava um tumulto só em volta dele, mas os berros dele eu não me esqueço ate hoje, ate os chineses devem ter ouvido os berros dele (esses chineses eram os donos de uma pastelaria que ficava na outra esquina ).
Demorou um pouco para que as coisas se acalmassem e eles voltassem a tentar a montar o armário. Sem nada para fazer eu fui dar uma olhada no que eles estava fazendo, me deparei com duas cenas bizarras, a primeira era partes do armário muito mal montadas, estava tudo torto, tinha uma porta que abria para cima em vez para os lados, parecia arte abstrata. A segunda cera era o cumulo do absurdo da lerdeza, quatro pessoas tentando montar um puxador... quatro pessoas para colocar dois parafusos, e não estavam conseguindo, eu não resisti e comecei a tirar sarro, ah eu não podia perder a oportunidade de tirar uma onda.
- Tá difícil o negocio ai em... 4 para encaixar um puxador... querem uma ajuda do Bill Gates ou quem sabe do Einstein???
Ate hoje eu me pergunto, porque eu fui falar aquilo?, a mulher do patrão me olhou com a maior cara feia, com os dois olhos vermelhos que gritavam por morte, “essa mulher não é de Jisuis” (pensei comigo mesmo), ela começou a vir ate mim com um andar rápido e de passos fortes, ela passava por cima das madeiras com se elas não existissem, “ela quer me matar, ela quer me matar, vou dar o fora daqui igual ao estagiário...”, mas antes de sair correndo eu vi uma cena incrível, ela pisou num buraco formado pela interseção das madeiras, noss falei bonito... traduzindo, ela enfiou o pé num buraco criado pelo empilhamento de madeira... mas foi uma queda linda, ela caiu de cara no chão... eu nem vi o final, depois de ver ela cair, sai correndo para o outro lado da empresa.
Fui ao refeitório e comi algo... claro que estava escondido em baixo de uma das mesas... quando eu voltei vi meu patrão entrando no carro com a sua mulher e o gerente, detalhe, ele estava com a cabeça sangrando. Cheguei a pensar que a sua mulher tentou matar o pobre infeliz, mas pelo que apurei depois,foi ela sim, mas foi um acidente, parece que ela deixou uma tabua enorme cair na cabeça do patrão, a tabua caiu bem de quina na cabeça dele, abriu o maior buracão.
Eu e meu humor negro não resistimos, caímos na gargalhada... fui ate a sala do patrão para ver como estava o andamento da montagem do armário. Noss, tava quase tudo sem montar, tinha uma ou outra coisa montada que por sinal estava tudo torto. Num canto perdido eu achei o manual de instruções, estava em alemão ou talvez em sueco, não sei, mas dava para entender bem, estava tudo desenhado, então resolvi montar o armário. Seguindo o manual de instruções eu demorei uma hora e meia para montar quase tudo, quando eles chegaram do hospital, só faltava duas portas para serem montadas
Quando meu patrão da cabeça rachada viu o armário quase montado, ficou de olhinhos brilhando, olhou tudo e me perguntou:
- você montou tudo sozinho???
- montei tudo sozinho sim???
- como?????
Pensei em dizer que obtive ajuda do manual de instruções, masssss eu não podia perder a replica...
- bommm tem que ser muito inteligente para fazer uma coisas dessas neh???? (creuuuu nuclear no patrão... irraaaa....)




2leep.com
 
©2009 Historias de minha vida | by TNB