Tio bira


Um dia o tio Bira resolveu levar os filhos e todos os sobrinhos dele para ver uma partida de futebol do time de nossa cidade, a gente iria ver a emocionante partida de futebol amador entre os times do Itapemirim Cupuapano e o seu arqui rival o time Senador Salgado.
O tio bira era um cara bem risonho, apesar dele só ter os dentes da frente (estilo Tiririca) ele vivia rindo e mostrando a banguela pra quem quisesse ver, outra característica do tio Bira, era a feiúra dele, mas mesmo sendo feio, o tio Bira era muito namorador, ele sempre tinha uma namorada nova ( você deve estar se perguntando “se ele era feio como ele conseguia sempre uma namorada nova?” simples o tio Bira tinha bastante dinheiro).
No dia do jogo, o tio Bira colocou todos os filhos e sobrinhos dele dentro de uma Kombi e levou todo mundo para ver o jogo, ao chegarmos fomos direto para o meio da arquibancada, logo o tio Bira comprou lanche e refrigerante para acalmar a criançada, logo depois os jogadores entraram em campo e começou a partida. O tio Bira tinha o costume de ficar irritando os técnicos e jogadores durante a partida ( por isso ele sempre sentava atrás do banco de reservas, já para ficar perto do técnico e irritar ele), para falar a verdade, essa era a parte mais legal do jogo, já que todos sempre davam umas belas gargalhadas, sempre que assistiam futebol perto do tio Bira, aquele jogo que estávamos assistindo foi um prato cheio para o tio Bira, já que só tinha perna-de-pau jogando.
A primeira vez que o tio bira se manifestou, foi logo no começo do jogo quando um pobre coitado, driblou dois jogadores mais o goleiro ficando sozinho de cara para o gol, mas daí ele deu um baita chute e a bola que tava indo para o gol, fez uma bela curva e passou a quase 2m do gol, esse lance foi o suficiente para o tio Bira pegar o seu megafone (que ele sempre levava para os jogos) e gritar:
- EITA PÉ DE GANCHO!!!
Todo o estádio ouviu (afinal era um estádio bem pequeno, se você contasse as pessoas na arquibancada, nos corredores, a beira do gramado, em cima das arvores deveria dar no maximo umas 2 mil pessoas ) e todo mundo riu do coitado do jogador, quando o tio Bira fazia isso ninguém se incomodava ( claro que tirando os jogadores e os técnicos) afinal o tio Bira era uma figura bem conhecida na cidade. Logo depois um jogador do itapemirim errou a pontaria invés ele acertar a bola ele acertou o chute no meio das pernas do jogador do Senador, daí o tio Bira pegou seu megafone e gritou: “- O AMIGO!!! VOCE CHUTOU AS BOLAS ERRADAS!!!”.
E assim o jogo continuou, não saia nenhum gol, porem os jogadores eram tão ruins, que o tio Bira teve motivos de sobra para tirar um sarro, o jogo estava tão ruim que tio Bira, ficou indignado com a péssima qualidade daquele jogo e resolveu protestar, ele ergueu a camisa (deixando amostra a grande pança branca e gelatinosa que ele tinha) colocou as mãos na barriga e começou a sacudir aquela enorme pança branca gelatinosa que ele possuía e começou a gritar para o todo mundo: “ –ai seus pernas-de-pau!!! Eu com essa enorme pança de pinga, jogo melhor que vocês tudo junto!!!”
Daí o técnico do Itapemirim acabou esgotando a paciência e gritou para o tio bira: “Ai pinguço!!! Já que voce é tão bom, vem provar!!!” daí o tio Bira respondeu sem pestanejar “-eu vou mesmo”.
Tio Bira desceu ate o gramado e discutiu mais um pouco com o técnico, colocou uma camisa (que ficou apertada
) e entrou no campo para jogar, quando o tio Bira entrou no em campo, o estádio todo gritou “aaeee... Bira, Bira, Bira, Bira...”.
Quando o jogo finalmente recomeçou, com o tio Bira de atacante, o jogo finalmente começou a ter emoção, na primeira vez que o tio Bira pegou na bola, ele acabou fazendo o passe do primeiro gol da partida, logo depois numa jogada incrível, o tio Bira driblou dois jogadores e fez um gol. No segundo tempo o tio Bira continuou mostrando que ele sabia jogar, logo no começo do segundo tempo ele deu um chapeuzinho no zagueiro e deu um baita chute de fora da área, pena que a bola bateu na trave mas foi o suficiente para erguer a torcida. E assim nesse pique o jogo terminou, com direito a três gols do tio Bira, depois desse dia, o tio Bira que já era conhecido na cidade, acabou virado atração de nossa cidade, o tio Bira também acabou ganhando a vaga de técnico do Itapemirim, e como técnico do Itapemirim o tio Bira foi motivo para muitas bagunças, mas essas bagunças já pertencem a outras historias...


2leep.com

2 Comentarios:

Anônimo disse...

eu quero um tio bira para mim

Imigrante disse...

Rock 'n' roll will never die!
http://imigrante.blogspot.com

 
©2009 Historias de minha vida | by TNB