Embebedando o veio


Você deve saber que nesse vai e vem da vida, uma hora ou outra sempre acaba faltando dinheiro no final do mês, com todo mundo já deve ter acontecido isso, comigo sempre foi um pouco diferente, por ser meio mão aberta, sempre faltava dinheiro no final do mês para mim, então para tampar esses buracos no orçamento, eu arranjei um bico como auxiliar de barman. De dia eu ia para o meu emprego normal, de noite quando o Rui (meu patrão) arranjava um evento eu ia com ele para auxilia-lo em qualquer coisa, então num dia desses, o Rui arrumou uma festa (meio mixuruca por sinal) e me chamou para ir ajudar ele.
Como sempre nós colocamos os aparelhos e as bebidas dentro do porta-malas e partimos para a festa, ate então estava tudo nos conformes. Estávamos cortando caminho pelo centro da cidade, estávamos passando por ruas bem calmas e quase sem movimento, quando derrepente uma Mercedes corta o sinal vermelho na nossa frente, o Rui meteu o pé no freio, cantou os pneus, mas não conseguiu evitar a batida.
Saímos do carro meio assustados com o acontecido, mas apesar do susto estávamos bem, já o carro do Rui estava com a frente toda amassada, quando o Rui viu o carro (recém comprado) todo amassado ele começou a chorar, enquanto ele chorava eu fui ver se o motorista da Mercedes estava bem, para meu espanto o motorista era um advogado bem conhecido em minha cidade que estava se candidatando a vereador, enquanto o advogado estava saindo do carro o Rui veio e perguntou:
- E agora! O que vamos fazer?(disse o Rui)
- Eu vou pegar o telefone de você e depois eu ligo para acertar as contas.(disse o advogado aparentando estar meio bêbado)
- Ainda bem que o senhor vai pagar o prejuízo.
- Como eu pagar? Foram vocês que bateram em mim!
- Claro que não! A culpa foi do senhor que passou o sinal fechado.
- Pera ai rapas! Você sabe quem eu sou? Eu sou um advogado muito influente, sou a autoridade por aqui!
- Ah! Então o senhor acha que só porque é advogado o senhor pode passar o sinal fechado atropelando tudo!!!
- Eu não me vi passando por sinal vermelho nenhum!
- Por isso mesmo! O senhor estava desligado e não viu o sinal se fechar.
Depois de baterem boca por mais algum tempo o Rui disse!
- eu vou ligar para a policia!
- Pode ligar! Eu conheço vários policiais, delegados e juizes. Se eu quiser eu posso deixar vocês o resto da vida dentro da cadeia! Eu estou dando a oportunidade de ouro de vocês não irem para a cadeia, é só pagarem o meu carro que vai ficar tudo bem.
O Rui ate pensou em recuar, mas mesmo com essas ameaças ele foi ate um orelhão e chamou a policia, e quando ele voltou o advogado disse sorrindo “eu te avisei”. Depois o Rui foi ate o porta-malas e pego um suco de laranja (que ele usava em alguns coquetéis) para ele beber, daí ele veio ate mim e perguntou se eu queria suco de laranja, eu respondi que não, mas o Rui me olhou com uma cara feia e disse baixinho “você quer sim!” daí ele foi ate o porta-malas e trouxe um copo de suco de laranja para mim, logo após ele voltou ao porta malas e pegou outro copo de suco para ele, dessa vez ele ofereceu ao deputado, o deputado por sua vez aceitou, daí o Rui foi lá e trouxe um suco para o deputado, o mesmo provou o suco e adorou, “ummm azedinho” dizia ele. E ali ficamos bebendo suco de laranja, o Rui bebia um copo atrás do outro, sempre oferecendo ao deputado mais suco, o deputado por sua vez sempre aceitava. Após o terceiro copo eu percebi que o deputado começou a ficar meio groge, alem de estar falando meio torto ele já estava sem equilíbrio, então puxei o Rui a um canto e perguntei:
- Cara o que você deu ao deputado?
- Ueh! Suco de laranja.
- E oque havia dentro do suco?
- Eu coloquei um pouco de vodka.
- Um pouco??? O cara só bebeu 3 copos e já ta lesado!!!
- Essa vodka é bem forte, mas não se preocupe, vai dar tudo certo, eu só vou precisar de um favor seu.
- O que você quer?
- Você se lembra das bebidas que estão no porta-malas?
- Sim...
- Você ta vendo aquele terreno baldio ali?
- To!
- Então você pega tudo que esta dentro do porta malas e joga naquele terreno, enquanto isso eu vou distrair o deputado! Ah sim, só deixa a vodka e o suco de laranja lá no porta-malas.
E foi o que eu fiz, dei uma limpa no porta-malas. Enquanto eu me livrava das bebidas, o rui foi dando mais suco batizado para o deputado, só que cada vez que ele servia suco, o copo vinha com menos suco e com mais vodka. Quando eu terminei a limpa, o advogado já tinha entornado mais dois copos, o advogado foi bebendo um atrás do outro sem parar, depois que eu terminei meu afazer eu perguntei ao Rui qual era o plano dele e ele me respondeu:
- calma você vai ver o que eu vou fazer!!!
Então ele entrou dentro do carro, pegou uma lista telefônica (ele sempre levava essa lista acaso ele se perdesse na cidade), daí ele pegou meu cartão telefônico e foi ate um orelhão, e ligou para algumas emissoras de televisão daqui de minha cidade. Com meia hora chegou uma vã e dela desceu uma reporte e um câmera que foram direto ao deputado, tonto de bêbado o deputado respondia as perguntas com as seguintes frases : “Eu não estou bêbado, só tonto”,”eu não to tonto porque bebi e sim porque bati a cabeça”, “eu não vi o sinal vermelho porque quis, foi um acidente, eh que eu estava olhando uma gostosa do outro lado da rua!!! Hic!!!”,”engraçado eu não vi a batida, eu fui perceber que tinha batido quando eu vi o carro amassado”. Depois dessa emissora começou a chegar outras e mais outras. Quando perguntaram se ele tinha medo de ser preso ele respondeu “ eu já disse pros rapazes que bateram em mim que eu não vou preso, eu conheço um monte de gente que tem o rabo preso comigo, que não vai deixar isso acontecer!!!”. Quando a reportagem chegou, já havia se passado uma hora e meia que havíamos ligado a policia, quando deu duas horas da ligação, chegou a policia, daí os policiais levaram eu, Rui e o advogado para delegacia (e a reportagem foi atrás), lá eles pegaram o nosso depoimento e depois nos liberaram e deixaram o deputado preso. No dia seguinte estávamos em todos dos jornais regionais, graças a idéia do Rui nos saímos livres, já o deputado, xiii, o deputado se lasco, foi preso e condenado, depois de descobriram que ele não era advogado e que ele roubava aposentadoria dos velhinhos, ele foi preso e condenado, com tudo isso ficou um pensamentos em minha cabeça “quem disse que tudo nesse pais acaba em pizza???”

2leep.com

1 Comentarios:

Anônimo disse...

voce me deu uma boa ideia com essa historia...

 
©2009 Historias de minha vida | by TNB