Privada cibernética



Essa é a segunda contribuição do leitor do blog Marco Aurelio Peruchi. Desculpe a demora mas a minha vida estava muito agitada... Estamos retomando as ativadades do blog.



Outro dia, zapeando os canais da televisão, entre caldeirões do Huck, o “pior do Brasil”, e outras tranqueiras que passam aos sábados... aliás me deixa fazer um comentário, se Deus criou o Domingo, o capeta deve ter criado o sábado, porque nunca vi dia pior, principalmente no que diz respeito a programação de TV.

Na sexta feira você sai da empresa feliz porque é o último dia da semana, sai com os amigos, vai para o buteco, enche a cara de cerveja Schincariol, come torresmo nadando na gordura misturado com mortadela e regada com limão, toma caipirinha de álcool em gel pensando que é vodka, os mais afoitos arriscam paquerar a filha do dono do buteco ou então alguma candanga de passagem, e termina a noite engalfinhado com uma criatura qualquer que voce não sabe de onde veio e nem para onde vai, feia como um Xerox do rascunho do mapa do inferno.

Aí você acorda no sábado vomitando colorido, com uma ressaca miserável e um gosto de capota de jipe na boca.

Não almoça porque seu estômago não consegue sequer olhar para nada sólido, e o jeito é curtir a dor de cabeça deitado no sofá vendo televisão.

Não bastasse o incômodo da ressaca, a programação de TV é uma verdadeira porcaria. Não tem absolutamente nada que se aproveite. Eu acho que os programadores de TV devem enfrentar os mesmos problemas que nós na sexta feira, e aí não tem nem vontade de colocar alguma coisa decente na programação de sábado.

Eles só ligam para a emissora e falam para o operador:

- Meu filho, faz o seguinte, vai lá no arquivo de fitas, faz uni-duni-tê, pega umas 5 ou 6 fitas velhas e põe aí para rodar.

Daí a gente é obrigado a assistir Flipper, Minha amiga Flika, Lassie, ou então Rocky 32, A invasão das aranhas assassinas, e por aí vai.

Mas voltando ao assunto....acabei por encontrar um documentário sobre a China ou Japão (sei lá, é tudo igual), o qual falava sobre os avanços tecnológicos dos eletrodomésticos. Geladeiras com internet, máquinas de lavar inteligentes (a minha por exemplo é muito burra...), micro-ondas com entrada USB que mostram fotos enquanto aquecem sua comida de ontem, etc.

Fiquei imaginando como seria a privada do futuro, pense no seguinte cenário, você vai até o banheiro, entra, fecha a porta, arreia as calças e senta na privada tentando relaxar:

Privada- Bom dia!

Você- Humm.

Privada- Que vai ser hoje, nº1 ou nº2?

Você- Não interessa.

Privada- Interessa sim, tenho que me programar para poder dar a descarga com o mínimo de água necessária para não deixar seus vestígios boiando aqui, economia é a palavra da vez, sabia?

Você- Cala a boca, onde fica o seu botão de desligar?

Privada- Você quer que eu cale a boca ou que te diga onde está o meu botão de desligar?

Você- Cacete! Você é chata hein! Não está vendo que eu estou tentando me concentrar?

Privada- Não, deste ângulo só consigo ver que você tem um princípio de hemorroida, aliás, você quer que eu faça algum exame? Quem sabe glicose ou vermes?

Você- Não, não quero nada, me deixa em paz.

Privada- Olha que você pode ter uma solitária e não sabe...

Você- Definitivamente eu não tenho solitária, e minha glicose está dentro dos limites normais, só estou tentando me aliviar aqui, você pode me deixar fazer minhas necessidades por favor?

Privada- Tudo bem, não precisa ficar nervoso, quer que eu toque uma musiquinha para você se distrair?

Você- Não!

Privada- Quem sabe um barulho de cachoeira, dizem que ajuda...

Você- NÃO!

Privada- Sons de pássaros cantando, alguma coisa para ler no meu monitor? Estou com a revista Veja desta semana, quer ver? Acabei da baixar da internet.

Você- PQP! Não quero P@#%$ nenhuma! Quero paz! Quero só poder cagar sossegado sem ninguém me enchendo o saco! Entendeu?

Privada- Há, então é o nº 2 mesmo! Logo vi pelo esforço! Vamos lá que eu te ajudo, dou um apoio moral tá?

Você- HUmmmmm!, Hummmm!, Hummmmmmm!

Privada- Vamos lá campeão! Você consegue! Já está apontando! Força rapaz!

Você- Hummmm! Hummmmmmmmm! Háaaaaaaaa!

Privada- Há! Há! Há! Há!

Você- Tá rindo do que?

Privada- Pô, você faz todo este esforço, sua veia do pescoço quase estoura, eu aqui esperando um amortecedor de caminhão e só sai estas duas bolotinhas, Há, há há!

Você- Putz! Você é escrota demais! Você analisa as pessoas pelo tamanho dos dejetos?

Privada- Não é nada disso Zé –ruela, tou vendo que você está ressecado, é culpa das porcarias que você anda comendo.

Você- Como é que você sabe?

Privada- Andei conversando com a geladeira, no final de semana eu, ela e o micro-ondas saímos para um happy hour e ela me disse que você só anda comendo comida congelada e salgadinho, assim você vai acabar com sua saúde camarada!

Você- Você acha que eu preciso comer algo mais saudável?

Privada- Olha, para o seu caso, yogurte com lactobacilos vivos é muito bom, repõe a flora intestinal e regulariza seu sistema digestivo. Se você continuar deste jeito seu fiofó vai virar uma flor em pouco tempo...

Você- Agora você me deixou preocupado...

Privada- Quem avisa amigo é.

Você- Tudo bem, vou tentar melhorar, dá pra limpar aí para eu ir embora?

Privada- Lógico, quer água fria ou morna?

Você- Morna por favor.

Privada- Agora espera que vou dar um jato de ar para secar.

Você- Huuuuuummm!!!

Privada- Pronto, vai com Deus.

Você- Obrigado. Olha, desculpe se fui grosso com você, você é até uma privada legal...

Privada- Tudo bem, logo vi que você estava carente, precisando conversar..

Você- Valeu, na próxima a gente conversa mais.

Privada- Não tem de quê, volte sempre, se você se sentir sozinho pode me procurar, estou sempre aqui, menos aos sábados, aí você tem que usar o urinol.

Você- Sábado você não trabalha?

Privada- Não, é meu dia de folga, e como não tem nada na televisão eu e ela vamos paquerar nas lojas de eletrodomésticos do shopping, tem cada lançamento que você precisa ver...

Você- humm, entendi, até mais então.

Privada- Inté!

2leep.com

0 Comentarios:

 
©2009 Historias de minha vida | by TNB