Almoço de graça

Essa é mais uma historia de minha vida:Tinha um amigo que sempre me disse que conseguia comer de garça em qualquer lugar e a qualquer momento, todos que conheciam ele, conhecia essa mesma historia e não acreditava nele, e isso durou até o dia que algum doido o desafiou.
Disseram que ele não conseguiria comer de graça no restaurante mais caro da cidade e se ele conseguisse a proeza jantar de graça, essa pessoa que o desafiou daria duzentos reais para ele. Como nunca recusava qualquer aposta, ele aceitou e marcou a proeza no sábado de noite. O que ele fez foi o seguinte: ele chamou alguns amigos que duvidavam que ele conseguiria tal proeza , a presenciarem ele fazendo tal façanha.
A “bagaça” funcionaria da seguinte forma, ele iria em um dos restaurantes mais caros da cidade, na frente desse restaurante havia um posto de gasolina, o pessoal ficaria no posto tomando umas brejas, enquanto ele iria no restaurante (tal restaurante era todo envidraçado, de fora dava para ver tudo que acontecia no interior do estabelecimento), ele disse que iria sentar o mais perto possível da lateral e que era para todos ficarem espiando o que ele iria fazer.

No dia, nos reunimos na frente do posto de gasolina, eu como não queria perder nada levei ate um binóculos!
Chegou a hora, ele veio ate nós mostrou sua carteira ( que só tinha cinqüenta reais), mostrou os bolsos, os sapatos, caças e ate a cueca para mostrar que ele não tinha dinheiro algum para pagar e todos sabiam muito bem que cinqüenta reais não dava nem para o xero naquele restaurante, depois de conferir que ele não tinha dinheiro, ele mostrou sua arma secreta!!!! De dentro da carteira ele tiro um saco transparente cheio de pelos, um cara falou ainda:

- cabelo não vai te ajudar!!!

E ele respondeu:

- cabelo não! Pentelho!!!!

Depois de mostrar os pentelhos ele os guardou no bolso e se dirigiu ao restaurante, entrou e se sentou perto da parede um lugar o suficientemente bom para que se pudesse observar mesmo sem binóculos. Daí o que vem a seguir é a junção do que a gente viu com o que o cara contou:

Ele chamou o garçom, pediu o cardápio e escolheu os pratos que ele iria comer, daí veio digamos o “tira gosto”, a entrada,etc... ate a sobremesa. Quando estava para vir a sobremesa ele foi para o banheiro já com a intenção de realizar seu plano. Ele passou perto de onde os pratos ficam antes de serem servidos( a comida era servida em uma espécie de carrinhos como em hotéis) daí ele enfiou a mão no bolso tirou um tufo de pentelhos e espalhou cuidadosamente sobre a comida que estava ali inclusive a sua sobremesa, descaradamente ele foi ao banheiro ficou lá um tempo voltou.
Ao voltar o garçom estava em sua mesa servindo a sobremesa e com a maior cara de pau ele olhou para o garçom e perguntou:

- que tempero é esse?
- Qual?(o garçom perguntou)
- Esse daqui!!! ( daí ele fechou a cara e falo baixo)pêra ai isso não é tempero é um cabelo(daí o garçom começou a suar frio, quando o cara deu um berro) pêra ai isso não é um cabelo é um pentelho!!!!

O garçom não sabia onde enfiar a cara, todos estavam olhando para eles, de repente do nada o gerente chego e perguntou:

- O que esta acontecendo aqui?
- (o cara falou gritando)O que esta acontecendo?alguém esfregou o saco em minha comida, olha o tufo de pelos que esta em minha sobremesa!!!!
- Mas senhor isso deve ser um mal entendido.
- Como mal entendido, eu comi vários pratos, e se todos eles estivessem desse jeito, eu devo ter comido todos sem reparar em nada... senhor eu estou me sentindo mal, imagine se o senhor tivesse comido algo que alguém esfregou o saco...
- Mas senhor...
- Mas nada, você deveria conferir nas outras mesas par ver se tem mais algum prato com pentelhos.

Nesse momento todos no restaurante começaram a revirar os pratos ate que um senhor bem gordinho que parecia ser descendeste de italiano gritou.

- puta que o p****, tem pentelho na minha sopa também!!!!

Mas na mesma hora, todos no restaurante pararam de comer e começaram a revirar a comida, e todos se espantaram mesmo quando a velhinha veio ate o gerente segurando o prato e disse:

- moço olha, aqui no meu prato também tem pelos, e sinceramente eu não vou pagar por essa comida!!!
Daí meu amigo recomeçou a falar com o gerente (tal gerente que estava quase tendo um enfarte):
- eu estou passando mau meu amigo, alguém deve ter esfregado o saco em nossas comidas.

Daí o italiano no fundo do restaurante veio também a conversar com o gerente, daí chego o dono do restaurante e disse:
- por favor fiquem calmos, deve ser um mal entendido!!!!
Daí o cara na mesma hora respondeu:
- calmos como?se você tivesse encontrado pentelho em sua comida você ficaria calmo?
- Mas senhor...
- Mas nada eu vou ligar para a policia...
- Não precisamos chegar a extremos.
- Como não e se esse cara que esfregou o saco em nossas comidas tiver aids?

Na hora uma pobre senhora passou mal ao ponto de vomitar, mas nessa hora tinha varias pessoas que se levantaram indignadas e estavam indo embora sem pagar, nisso meu amigo aproveitou:
- meu senhor eu vou ao hospital e no caminho vou aproveitar e passar numa delegacia!!!!
Nessa hora ele saiu, junto com um monte de gente, o restaurante ficou vazio, com a maior cara de pau, ele veio ate nós e falou:
- vamos embora antes que o dono venha atrás de mim...

2leep.com

0 Comentarios:

 
©2009 Historias de minha vida | by TNB