Privada explosiva

Estava eu na escola discutindo com meu o professor Darci sobre privadas, eu dizia que antigamente as privadas explodiam e ele dizia que isso era bobagem e que nunca poderia acontecer. Eu ainda tentei explicar para ele que antigamente as privadas acumulavam gases e quando ágüem acendia um fósforo ( para acender um cigarro pro exemplo ) perto da privada ela explodia, e isso acontecia nas privadas que tinhão tubulação de esgoto e naquelas que se cagava no buraco ( como uma fossa ). Esse tipo de acidente parou de acontecer porque as pessoas pararam de cagar no buraco e porque existem sistemas para o escape de gases. Mas mesmo com essa explicação ele não acreditou e para completar ele disse as duas palavras que meus amigos sabem que não se pode dizer para mim, “ então prove” (e desde desse dia ele começou a me chamar de privadinha)...
Eu então decidi provar para ele, eu convidei meu amigo Carlos para me ajudar achar um jeito de fazer a privada do colégio explodir de preferência com o professor Darci perto dela, mas na mesma hora ele aceitou.
A gente tinha duas coisas que iriam ajudar nesse plano, uma é que um dia o professor Darci disse na sala de aula que ele tinha o costume de fumar quando ele ia ao banheiro ( foi quando por infortúnio eu do nada falei das privadas que explodiam ) outra é que todos os professores reclamavam que o velho Darci ficava cagando no banheiro o intervalo inteiro, todo dia quando batia o sinal do intervalo ele saia da sala, ia direto ao banheiro dos professores e só saía de lá quando acabava o intervalo. O único problema era arranjar um jeito de fazer a privada explodir quando ele acendesse o cigarro, eu me lembro que eu procurei em livros, consultei professores(que por um acaso não ajudaram muito porque eles sempre repetiam aquela frase mágica “porque vocês querem saber disso?”) e pesquisei na internet e nada de achar um gás que permanecesse na privada, que não tivesse cheiro e que fosse explosivo, mas nada deu certo, nos não encontramos nenhum gás que pudesse nos ajudar, deu uns dois meses quando a gente tava perto de desistir quando o professor Darci falou algo interessante:
Um dia na sala de aula ele disse:- “minha mulher vive reclamando que quando eu vou bater um barro eu fico uma meia hora no banheiro cagando e fumando e que depois que eu termino de evacuar o rabo eu jogo a bituca de cigarro dentro do vaso...”
Daí no mesmo momento eu olhei para meu amigo e ele para mim, como se tivesse surgido uma luz no fim do tunel, não precisava ser um gás precisava apenas ser um liquido combustível. Na hora do intervalo o Carlos disse que ele tinha o elemento perfeito “a querosene latente” do tio capial dele, ele me explicou que o tio dele faz uma misturamba de coisas na querosene o que faz ela ficar bem mais potente o Carlos ainda me disse que o tio dele aposta corrida de trator e que depois que ele começou a usar essa querosene no trator dele diz que ele nunca perdeu uma corrida de trator. Daí o Carlos conseguiu a querosene com o tio dele, depois a gente esperou ate quarta feira quando a gente tinha aula de educação física antes do intervalo. Quando quarta-feira chegou a gente pegou 4 litros de querosene ( ainda eu pensei que fosse muito mas a gente tinha que jogar um pouco de querosene para jogar primeiro para água que fica empossada no vaso fosse substituída pela querosene e outro pouco para deixar empossado) daí a gente foi para o colégio com duas garrafas de coca-cola escondidas nas nossas mochilas, esperamos a aula de educação física, na aula de educação física a gente escapou e ficamos esperando o Maximo possível para despejar a querosene no vaso, afinal alguém poderia entrar no banheiro antes do professor Darci e dar descarga estragando o nosso plano, daí quando faltava uns minutinhos nos entramos com todo o cuidado para que ninguém nos achasse lá, por sorte a sala da diretora tava fechada e a sala dos professores vazia, nos entramos bem divagar fomos ate o banheiro e despejamos uma garrafa toda dentro do vaso, só que daí sobrou outra e a gente ficou sem saber o que fazer com ela e pela duvida a gente jogou a querosene que tava dentro dela no vaso(ainda eu perguntei para o Carlos e não era muita querosene, e ele respondeu que aquilo era querosene e não dinamite e que querosene não era tão forte). Quando nos terminamos o serviço nos corremos para o muro do fundo da escola e jogamos as garrafas no terreno baldio que ficava do outro lado e voltamos para o pátio para ver oque iria acontecer. Daí como o de costume o professor foi para o banheiro passou o intervalo e um pouco antes de terminar o intervalo a gente ouviu a explosão, por azar a explosão foi um pouco maior o que a gente imaginada e não deu dois segundos formou aquele alvoroço quase todo o colégio foi para perto da sala dos professores, daí do nada saiu o professor Darci saiu correndo com a roupa toda respingada de merda e foi para o outro lado do pátio. Todos na escola ficaram sem entender nada menos eu e Carlos é claro, só que aquilo que aconteceu depois deixou até mesmo nós dois espantados, todos os professores e a diretora saíram correndo da li e por espanto todos estavam respingados de merda, eu olhei para a cara do Carlos e ele para a minha, ambos sem entender nada. Deu um tempo e a diretora mandou todo mundo embora, ela tava brava para caramba, ela praticamente urrava, sem discutir todos foram embora sem entender nada. No dia seguinte eu e Carlos combinamos de chegar mais cedo na escola para ver oque tinha acontecido ( sinceramente eu pensava que o professor Darci estava cagando e os outros professores assistido, seria o único jeito de todos saírem sujos de lá de dentro mas essa não era a única explicação ), quando a gente chegou na escola não tinha quase ninguém somente a diretora uns alunos e o selador da escola, nos aproveitamos que tinha uns alunos curiosos na sala dos professores e fomos ver oque tinha ocorrido, quando eu vi oque aconteceu eu me espantei, a tubulação que saia do banheiro passava por debaixo da sala dos professores, alem do vaso que explodiu toda a tubulação que passava pelas a sala dos professores explodiu também o que deixou um baita buraco no chão, dava para ver certo por onde os canos passavam e o banheiro ficou bem estragado. Eu não sei como alguém pode ter saído dali sem se machuca, alem do professor Darci que ficou com uns pontos roxos no corpo e que teve que pagar a reforma da sala dos professores ( é ele teve que pagar, quem mando gritar que foi ele que explodiu o banheiro com o cigarro) e do banheiro o resto dos professores saíram bem apesar do mau cheiro...

2leep.com

2 Comentarios:

Edna disse...

gostei doque voce fez com o seu professor, ve se da prossima explode ele junto com o banheiro!!!

Hugo disse...

sera que seu tio vende essa querosene para mim??? é que eu vivo perdendo os rachas que eu fasso. talvess com um pouco dessa querosene meu fuck voe!!!

 
©2009 Historias de minha vida | by TNB